Motociclista suíço morre após vencer prova em Dubai

Um motociclista suíço morreu em uma colisão com outro competidor, segundos depois de vencer uma corrida em Dubai, disseram os organizadores da prova em um comunicado oficial. Pascal Grosjean tinha acabado de cruzar a linha de chegada da corrida da Sportsbike Championship e diminuiu a velocidade para comemorar a sua vitória quando Tony Jordan, terceiro colocado, o atropelou em uma velocidade de aproximadamente 200km/h.

AE-AP, Agência Estado

27 de novembro de 2010 | 10h08

Com o choque, os dois pilotos caíram no asfalto do circuito de Dubai. Os médicos levaram Grosjean, de 39 anos, em um helicóptero até um hospital, onde foi declarado morto. Enquanto isso, Jordan permanece internado e em estado grave. O suíço era o atual campeão da categoria 600 cilindradas nos Emirados Árabes Unidos.

"A equipe do Autódromo de Dubai e a comunidade do automobilismo dos Emirados Árabes Unidos estão profundamente entristecidos com a enorme perda e transmitimos as nossas

sinceras condolências à família de Pascal Grosjean e aos amigos", afirmou Hamish Brown, chefe-executivo do Autódromo de Dubai em um comunicado oficial.

Tudo o que sabemos sobre:
motociclismoPascal Grosjeanmorte

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.