Bazuki Muhammad/Reuters - 5/2/2013
Bazuki Muhammad/Reuters - 5/2/2013

MotoGP confirma retorno de Pedrosa em Laguna Seca

Espanhol não disputou a etapa da Alemanha porque sofreu um grave acidente no último treino livre

AE, Agência Estado

15 de julho de 2013 | 17h57

MONTEREY - Depois de perder a liderança da MotoGP, no domingo, Dani Pedrosa voltará às pistas no próximo fim de semana para disputar a etapa dos Estados Unidos, em Laguna Seca. A presença do espanhol na Califórnia foi confirmada pela organização nesta segunda-feira.

Pedrosa não disputou a etapa da Alemanha, em Sachsenring, porque sofreu um grave acidente no último treino livre, no sábado. E precisou ser encaminhado ao hospital. Exames constataram uma fissura na clavícula esquerda, o que não chegaria a impedir a participação do piloto na corrida de domingo. No entanto, Pedrosa preferiu se poupar.

Fora da disputa, o espanhol viu o compatriota Marc Márquez vencer a prova e assumir a liderança do campeonato. "Foi difícil porque chegamos a Sachsenring em uma situação muito boa no Mundial, mas assim são as corridas e temos que seguir olhando para o futuro", afirmou o piloto, nesta segunda. "Ainda temos muito campeonato pela frente, e tudo está por acontecer".

Apesar da frustração, Pedrosa se mostrou animado com as próximas etapas e agradeceu o apoio dos fãs. "Quero agradecer pelas muitas mensagens recebidas. Foram de grande ajuda. O importante é que eu me sinto bem. Agora só temos que ver como minha clavícula vai evoluir nos próximos dias", declarou o piloto da Honda.

Outro piloto na briga pelo título, o também espanhol Jorge Lorenzo ficou de fora da etapa alemã por causa de um acidente, mas poderá voltar a competir antes do previsto. Inicialmente, a expectativa é de que ele só voltaria na etapa de Indianápolis, em 18 de agosto. Mas a equipe Yamaha não descartou um retorno antecipado, já em Laguna Seca.

Segundo comunicado divulgado nesta segunda, a equipe viajará normalmente para a etapa de Laguna Seca, nesta semana. E deixará em aberto a participação de Lorenzo, a quem caberá a decisão final. O piloto precisou ser submetido a uma cirurgia no sábado para reparar os danos causados na placa de titânio colocada em sua clavícula esquerda no fim de junho.

A placa foi instalada no local em uma operação logo após acidente sofrido durante a etapa da Holanda. O impacto acabou causando uma fratura na clavícula.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.