MP recorre e Bobô vai a novo julgamento

O Ministério Público baiano entrou com recurso contra a absolvição do ex-jogador Bobô e do engenheiro Nilo Santos, diretores da Superintendência dos Desportos da Bahia. Eles foram acusados de homicídio e lesões corporais culposos (sem intenção) no caso da tragédia da Fonte Nova. Em 2007, sete pessoas morreram no desabamento de parte da arquibancada do estádio.

, O Estadao de S.Paulo

18 de agosto de 2009 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.