MP vê risco em obra de novo autódromo

O Instituto Estadual do Ambiente (Inea) do Rio recebeu ontem recomendação do Ministério Público Estadual pedindo a anulação da licença prévia concedida pelo órgão para o projeto de construção de um novo autódromo, em Deodoro, na zona oeste. A obra é crucial para que seja erguido o principal espaço dos Jogos do Rio: o Parque Olímpico, na Barra da Tijuca, que receberá 14 modalidades em 2016.

O Estado de S.Paulo

28 de junho de 2012 | 03h09

O Parque vai ser construído onde hoje funciona o Autódromo de Jacarepaguá. Em 2007, União, Estado, município e Confederação Brasileira de Automobilismo (CBA) assinaram um acordo garantindo que o espaço só será desativado após a conclusão da nova pista, em Deodoro.

Segundo o MP, as obras do novo autódromo vão representar risco à área de Mata Atlântica do Morro do Camboatá. A construção do Parque Olímpico vai ter início no próximo mês. As obras não vão impedir a disputa de provas na pista de Jacarepaguá.

Tudo o que sabemos sobre:
automobilismovelocidade

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.