Jeff Haynes / Reuters
Jeff Haynes / Reuters

Multicampeão da natação dos EUA, Nathan Adrian revela ter câncer nos testículos

Nadador tem cinco medalhas de ouro olímpicas e mantém esperança de ir aos Jogos de Tóquio

Redação, Estadão Conteúdo

25 de janeiro de 2019 | 13h33

O nadador norte-americano Nathan Adrian, cinco vezes medalhista de ouro olímpico, anunciou nesta sexta-feira, em suas redes sociais, que está em tratamento de um câncer testicular com cirurgia programada para a próxima semana. O atleta, de 30 anos, escreveu que está convicto de que vai competir nos Jogos Olímpicos de Tóquio, no ano que vem, o que seria a sua quarta participação olímpica.

Adrian ganhou duas medalhas de ouro no revezamento nos Jogos do Rio de Janeiro, em 2016, em uma equipe dos Estados Unidos que incluía o fenômeno Michael Phelps.

O nadador também ganhou dois ouros em Londres-2012, um deles nos 100 metros livre, e outro em Pequim-2008. Ele também tem uma prata olímpica e dois bronzes, incluindo os 50 e os 100 metros livres no Rio de Janeiro. Ele tem oito medalhas de ouro em Mundiais, além de três pratas e dois bronzes.

"A vida, assim como nadar os 100 metros livre, pode se apresentar dura e veloz na medida que não se pode prever quem, ou o que, pode lhe perseguir. Recentemente, eu fui ao médico já que alguma coisa em mim não parecia estar muito bem. No mínimo eu ainda precisava tomar meu remédio para a gripe. Depois de alguns testes e visitas em um especialista, eu infelizmente descobri que tenho câncer nos testículos", escreveu Adrian, em sua conta no Instagram.

"Pelo lado positivo, nós o pegamos cedo e eu já iniciei o tratamento e o prognóstico é bom. Eu voltarei para a água em algumas breves semanas com meus objetivos totalmente voltados para Tóquio. No caminho, espero compartilhar minha jornada em um esforço para quebrar o estigma de discutir problemas de saúde entre os homens. Eu percebi que muito frequentemente nós tendemos a evitar esses importantes assuntos, ignorar os potenciais sinais de alerta e descartar recorrer à ajuda médica de que podemos precisar", continuou o nadador.

"Como disse para minha família, vou colocar minha formação em saúde pública para funcionar um pouco antes do que planejava! Mas, seriamente, eu estou mantendo uma atitude positiva já que casos como os meus são curáveis. Eu sou extremamente grato à minha família e aos meus amigos, especialmente minha mulher, por seu amor e apoio. Eu tenho uma cirurgia marcada para a próxima semana e vou atualizar a todos em breve", completou.

Tudo o que sabemos sobre:
nataçãoNathan Adriancâncer

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.