Mundial de Natação não será no Rio

A beleza do Rio e a proposta de montar as piscinas em plena praia de Copacabana não foram suficientes para convencer os integrantes do bureau da Federação Internacional de Natação (Fina). A candidatura do Rio para o Mundial de 2005 foi derrotada neste sábado, em Fukuoka, pelos 21 integrantes da Fina. O Mundial de 2005 será em Montreal, no Canadá. As outras cidades derrotadas foram a norte-americana Long Beach e a australiana Melbourne. O Mundial de 2003 será em Barcelona, na Espanha.Esta foi a segunda candidatura do Rio, com o apoio do Comitê Olímpico Brasileiro (COB), derrotada - a cidade já havia perdido o Mundial de tênis de mesa. As candidaturas fazem parte de uma estratégia do COB de apresentar o nome da cidade como sede dos Jogos Pan-Americanos de 2007.Montreal, que recebeu os Jogos Olímpicos de 1976, teve 11 votos, um a mais do que Long Beach, segundo anúncio feito pelo presidente da Fina, Mustapha Larfaoui, em Fukuoka, onde está sendo realizada a atual edição do Mundial. Melbourne, na Austrália, foi eliminada na primeira rodada e o Rio na segunda.Lyn Heward, a chefe da campanha vitoriosa de Montreal acha que o suporte federal, estadual e local oferecido pelo governo do Canadá foi decisivo. "A maioria dos votos foram para as candidaturas da América do Norte porque nós nunca recebemos um mundial da natação", acrescentou Lyn, revelando que Montreal deverá investir US$ 9,9 milhões na construção de três piscinas permanentes.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.