Reprodução/Fina
Reprodução/Fina

Avanço da Ômicron adia para 2023 Mundial de Natação previsto para maio no Japão

Federação Internacional de Natação anuncia mudança no calendário do torneio nesta terça-feira

Redação, Estadão Conteúdo

01 de fevereiro de 2022 | 10h28

O Mundial de Natação previsto para acontecer em maio deste ano, na cidade de Fukuoka, no Japão, foi adiado novamente e será disputado agora em julho de 2023, devido à pandemia do novo coronavírus e às restrições em vigor no país oriental. O anúncio foi feito nesta terça-feira pela Federação Internacional de Natação (Fina, na sigla em francês).

Inicialmente, o Mundial estava previsto para ser realizado em 2021 e foi adiado depois que os Jogos Olímpicos de Tóquio-2020 também foram adiados em um ano para 2021.

"Com a situação pandêmica e as restrições atualmente em vigor no Japão, a Fina e os principais nomes do Comitê Organizador de Fukuoka-2022 concordaram em reprogramar o 19.º Mundial para 14 a 30 de julho de 2023", afirmou o presidente da Fina, o kuwaitiano Husain Al-Musallam, em um comunicado oficial divulgado nesta terça-feira.

A Fina anunciou também que o Mundial seguinte, previsto para Doha, no Catar, "acontecerá em fevereiro de 2024", seis meses antes dos Jogos Olímpicos de Paris. "Esta decisão foi tomada pelo bem de todos", completou a entidade. Será a primeira vez na história que um Mundial de piscina longa (50 metros) será realizado em ano olímpico.

A realização dos outras duas competições marcadas para este ano em Kazan, na Rússia, seguem confirmadas. O Mundial Júnior mantém a sua data de 23 a 28 de agosto e o de Piscina Curta continua programado para ocorrer entre 17 e 22 de dezembro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.