Mundo do boxe elogia Roy Jones Jr.

Super-homem. Superstar. Super-herói. Foram estes alguns dos adjetivos utilizados pelo empresáro Don King, ao se referir a Roy Jones Jr., o novo campeão dos pesos pesados, versão Associação Mundial de Boxe (AMB). Logo após a vitória na madrugada de domingo, Jones cobrou de King a promessa de cortar os eriçados cabelos grisalhos por ter derrotado o porto-riquenho John Ruiz, por pontos, após 12 assaltos. Mas os elogios do mundo do boxe não pararam na boca do falastrão King. O britânico Lennox Lewis, campeão mundial dos pesos pesados, versão Conselho Mundial de Boxe (CMB), não se conteve com a atuação de Jones. ?Roy é um excelente campeão dos pesados?, afirmou. ?Ele esteve fenomenal?, disse Emanuel Stewart, técnico de Lewis. Shaquile O?Neal, pivô do Los Angeles Lakers, e uma das várias personalidades presentes ao Thomas & Mack Center, também se impressionou com o desempenho do campeão. ?Ele é um virtuoso do boxe.? O ucraniano Vitali Klitschko, número 1 do ranking do CMB, parabenizou Jones, mas fez algumas críticas. ?Falta pegada para que ele derrube um peso pesado. Teve sucesso porque Ruiz não tem velocidade. Eu possuo velocidade e pegada, por isso acho que tenho condições de ser um de seus próximos oponentes.?

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.