Phil Noble/Reuters
Phil Noble/Reuters

Murer leva prata em Zurique e vê Diamond League ficar com grega

Nikoleta Kiriakopoulou venceu etapa e garantiu título da temporada

Estadão Conteúdo

03 de setembro de 2015 | 16h57

Campeã da Diamond League na temporada passada, Fabiana Murer não conseguiu faturar o bicampeonato em 2015. Nesta quinta-feira, ela fechou o principal circuito internacional de atletismo com a medalha de prata no salto com vara em Zurique (Suíça), passando o sarrafo a 4,72m. Mas a grega Nikoleta Kiriakopoulou, bronze no Mundial, saltou 4,77m para ficar com o ouro e o diamante dado à atleta que soma mais pontos durante a temporada.

As etapas de Zurique e Bruxelas (Bélgica, dia 11) valem pontuação dobrada para a corrida pelo diamante, uma vez que recebem a última prova de cada disciplina. Para Fabiana Murer ser campeã geral, precisava vencer na Suíça, somando oito pontos, e que a grega não passasse do quarto lugar. Mas não deu.

A brasileira vencia após passar o sarrafo a 4,72m, altura que Kiriakopoulou abdicou de saltar. A grega foi logo para 4,77m. Passou na primeira, enquanto Fabiana falhou. Aí foi a brasileira que resolveu arriscar e tentar 4,82m. Teve duas tentativas e errou ambas, sendo eliminada. Dividiu a prata com a campeã mundial Yarisley Silva, de Cuba, que também saltou 4,72m.

Das sete primeiras colocadas do Mundial, só a norte-americana Jennifer Suhr não competiu em Zurique. Mas a competição na Suíça não teve nível técnico tão forte - a quarta colocada saltou 4,57m, o equivalente ao 13.º lugar em Pequim.

Daqui a cinco dias, na segunda-feira, Fabiana Murer participa de uma etapa do World Challenge, em Zagreb, na Croácia. Depois, retorna ao Brasil e sai de férias.

Tudo o que sabemos sobre:
AtletismoDiamond LeagueFabiana Murer

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.