Murer mira próprio recorde na primeira disputa do ano

A saltadora Fabiana Murer decidiu mudar o seu planejamento e iniciar a sua temporada nesta sexta-feira com a participação na 104ª edição do Millrose Games, no Madison Square Garden, em Nova York, na sexta-feira. Mais do que superar a norte-americana Jennifer Suhr, ela vai competir com a meta de superar o seu recorde sul-americano em pista coberta, que é de 4,82 metros.

AE, Agência Estado

27 de janeiro de 2011 | 17h53

"Não sei se nessa prova, que é a primeira do ano para mim e nem estava programada inicialmente, vou conseguir melhorar minha marca indoor, de 4,82m, que é o recorde sul-americano em pista coberta. Gostaria disso. Acredito que posso bater minha marca. Vou continuar a saltar com as 18 passadas, em vez das 16 que usava antes, como já fiz em 2010. Acho que estou cada vez mais adaptada a essa nova corrida, que, realmente, pode me levar a um salto mais alto", afirmou.

Fabiana Murer aposta em um duelo emocionante com Jennifer Suhr, vice-campeã olímpica em 2008 no salto com vara e dona da melhor marca do ano passado - 4,89 metros. "Ela competiu muito pouco, não sei se por problemas de lesões ou técnicos. Mas tem a melhor marca de 2010 e será bom competir contra atletas de bom nível", disse.

E apesar de estar concentrada na competição de sexta-feira, Fabiana Murer já mira o duelo com a recordista mundial Yelena Isinbayeva (5,06 metros) no dia 12 de fevereiro, em Donetsk, Ucrânia, em um torneio apenas para atletas do salto com vara, o Pole Vault Stars. "Pelo que o Vitaly (Petrov, técnico da russa) falou, ela está bem e podemos esperar bons resultados na temporada. Continuo achando que é bom ter a Yelena no circuito porque eleva o nível da prova", comentou.

Tudo o que sabemos sobre:
atletismoMillrose GamesFabiana Murer

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.