Muricy aconselha Ganso a ficar por mais um ano no Santos

Para técnico, meia ainda precisa atuar no País para recuperar bom futebol após 7 meses parado

SANCHES FILHO, O Estado de S.Paulo

07 de abril de 2011 | 00h00

SANTOS - Começa nesta quinta-feira às 16 horas, no CT Rei Pelé, a era Muricy Ramalho no Santos. O novo treinador vai comandar o treino para os jogadores que não participaram da partida contra o Colo Colo, nesta quarta, na Vila Belmiro. Após o treino, Muricy será apresentado e concederá a primeira coletiva como técnico santista. A estreia será domingo, contra o Americana, fora de casa, pelo Paulista.

Muricy chega ao clube otimista e chamando para si a responsabilidade de convencer Paulo Henrique Ganso a adiar em pelo menos um ano a transferência para a Europa. Ele alega que o momento não é o ideal para o meia ir para o exterior, em razão de estar voltando a jogar depois de quase sete meses parado e precisa de tempo para recuperar o seu futebol. Para ele, com Ganso e Neymar o Santos é candidato ao título de todas as competições que disputar. Sem as duas estrelas o time perde boa parte de seu brilho e a superioridade técnica sobre os concorrentes.

O treinador chegou à Vila Belmiro, na quarta à noite, uma hora e 35 minutos antes do jogo contra o Colo Colo e se dirigiu à sala da presidência, onde se reuniu com o presidente Luis Alvaro Ribeiro por uma hora. Saiu do encontro cercado por cinco seguranças e se negou a atender aos jornalistas. Depois, acompanhado por dirigentes, Muricy foi para o camarote, onde assistiu ao jogo. Ele não cumpriu a promessa de passar nos vestiários, antes do jogo, para dar uma palavra de apoio o time, porque conversou com eles à tarde, na concentração. O primeiro reforço que Muricy deve receber é o atacante Deivid, que não passa por bom momento no Flamengo.

Veja também:

linkJOGO - Leia como foi Santos 3 x 2 Colo Colo

link'Nos prejudicaram mais uma vez', diz o apagado Ganso

som ESTADÃO ESPN - No sufoco, Santos vence o Colo Colo, mas perde Elano, Neymar e Zé Eduardo por expulsão

som ESTADÃO ESPN - Martelotte: Mesmo sem craques, Peixe tem condições para sair vitorioso no Paraguai

som ESTADÃO ESPN - "Esse é o tipo de jogo que a gente tem que aprender a jogar", diz Martelotte

blog BATE-PRONTO - E agora, Neymar?



Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.