Muricy não quer ser protagonista do clássico

Muricy Ramalho não aguenta mais ler seu nome nos jornais e na internet. E nem ouvi-lo na televisão e no rádio. Ontem, o treinador disse estar incomodado com tanto destaque que a mídia tem dado a ele. "Não se fala no jogo, apenas no Muricy", reclamou. "Estão dando muita importância e não acho isso legal. Deve se falar mais do clássico."Muricy vai reencontrar amanhã no Morumbi, pela primeira vez, o time que comandou nos últimos anos, com três conquistas nacionais. Espera não ter surpresas. "A gente está vendo que o São Paulo não mudou muito. É um time parecido (com o que deixou)", contou. "O Ricardo Gomes tentou mudar a parte tática no começo, mas viu que não dava para jogar daquela maneira", lembrou, elogiando seu sucessor. "Está me substituindo bem."O treinador, que não deve ter Cleiton Xavier no clássico (segue com dores no tornozelo), protege Ricardo Gomes das críticas - o são-paulino foi bastante comparado com Muricy assim que chegou ao clube. "Vocês (jornalistas) só falam de mim lá, ele tem razão em ficar chateado."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.