Murray faz torcida sofrer, mas avança

Favoritos Federer e Djokovic também vão às quartas em Wimbledon

, O Estadao de S.Paulo

30 de junho de 2009 | 00h00

Entre os três principais favoritos ao título em Wimbledon, apenas Andy Murray, número 3 do ranking, teve de suar para se garantir nas quartas de final. Empurrado pela torcida, o britânico precisou de mais de três horas para bater o suíço Stanislas Wawrinka por 3 sets a 2. Já o suíço Roger Federer e o sérvio Novak Djokovic, respectivamente 2º e 4º do mundo, garantiram a vaga sem perder sets.No dia de estreia do teto retrátil (inaugurado no jogo entre Dinara Safina e Amélie Mauresmo) e sob iluminação artificial, Murray deu um susto na torcida inglesa logo no início. Perdeu por 6 games a 2 e deixou aflito o público que lotou o Henman Hill - local onde a torcida assiste aos jogos em um telão, do lado de fora da quadra. Com um duplo 6/3, conseguiu a virada e ficou perto da vitória no quarto set, mas teve o serviço quebrado e perdeu por 7/5. No set final, ganhou novamente por 6/3 e manteve viva a esperança dos britânicos de impedir o sexto título de um motivado Federer.O suíço não deu chance de revanche ao sueco Robin Soderling e repetiu ontem os 3 sets a 0 que aplicou na final de Ronald Garros, mesmo placar do triunfo do sérvio Novak Djokovic sobre o israelense Dudi Sela Nas quartas, os confrontos ficam assim: Hewitt x Roddick, Murray x Ferrero, Haas x Djokovic e Karlovic x Federer. No feminino, os duelos são: Safina x Lisicki, Venus Williams x Radwanska, Schiavone x Dementieva e Azarenka x Serena Williams. Outro classificado é o brasileiro Bruno Soares. Em dupla com Kevin Ullyett, do Zimbábue, tem pela frente os irmãos Bob e Mike Bryan, dos EUA.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.