Murray para em Cincinnati. Federer vence

O campeão olímpico Andy Murray foi eliminado precocemente de um torneio pela segunda vez em duas semanas, atrapalhando sua preparação para o US Open. Ontem, o britânico perdeu por um duplo 6/4 para o francês Jeremy Chardy, na terceira rodada do Masters 1000 de Cincinnati. Já Roger Federer, medalhista de prata em Londres e atual líder do ranking, precisou de apenas 62 minutos para garantir vaga nas quartas de final, derrotando o australiano Bernard Tomic, de 19 anos, por 6/2 e 6/4.

CINCINNATI, O Estado de S.Paulo

17 de agosto de 2012 | 03h05

Murray, atual campeão em Cincinnati, abandonou o Masters de Toronto na semana passada por causa de uma lesão de joelho depois da primeira rodada. Ontem, ele não parecia totalmente recuperado, e teve seu serviço quebrado no sétimo game por Chardy.

No segundo set, as quebras de saque se alternaram nos cinco primeiros games, até que Chardy confirmasse seu saque e marcasse 4/2. Estava aberto o caminho para ele fechar a partida em 98 minutos. "Não saquei particularmente bem", disse o medalha de ouro em Londres.

Depois de dois confrontos fáceis, Federer terá pela frente o norte-americano Mardy Fish, especialista em quadra rápida e atual número 20 do mundo. O tenista da casa avançou no torneio ao despachar o checo Radek Stepanek por duplo 6/3.

No feminino, Venus Williams não tomou conhecimento da italiana Sara Errani e se classificou para as quartas. A americana chegou a aplicar um "pneu" na vice-campeã de Roland Garros ao vencer por 6/3 e 6/0, em apenas uma hora de jogo. Agora, ela enfrenta a australiana Samantha Stosur, que eliminou a russa Ekaterina Makarova por 6/1 e 6/3.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.