Myke Carvalho perde e adia sonho de ir a Olimpíada de Pequim

Pugilista brasileiro é derrotado no Mundial de Chicago pelo húngaro Gyula Kate, por 24 a 14

26 de outubro de 2007 | 20h14

Está adiado o sonho do pugilista brasileiro Myke Carvalho de disputar a Olimpíada de Pequim. Nesta sexta-feira, o paraense perdeu para o húngaro Gyula Kate, por 24 a 14, em combate válido pela segunda rodada do Campeonato Mundial de Boxe Amador, em Chicago, Estados Unidos, na categoria até 64 quilos. Myke, de 24 anos, que disputou a Olimpíada de Atenas, em 2004, terá de esperar até o ano que vem, quando dois pré-olímpicos de boxe serão realizados em locais a serem definidos pela Associação Mundial de Boxe Amador. Na quarta-feira, Myke venceu o holandês John Rogers por 26 a 8 e estava a duas vitórias da vaga olímpica, pois na sua categoria os oito primeiros colocados se classificam. O Brasil, que iniciou a competição com oito pugilistas, já soma quatro derrotas. James Dean Pereira, Rafael Lima e Gidelson Oliveira foram os outros derrotados. Seguem na competição Davi Souza e Pedro Lima, medalha de ouro no Pan do Rio, conquista que o Brasil não obtinha desde 1963. Em olimpíadas, o desafio brasileiro também é muito grande, pois a única medalha (de bronze) foi conquistada por Servílio de Oliveira, em 1968, na Cidade do México.

Tudo o que sabemos sobre:
BoxeMyke Carvalho

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.