JB Neto/AE
JB Neto/AE

Na chegada, Alex fala em voltar à seleção

Meia de 29 anos é apresentado no Corinthians e diz que vai estar ainda em plena forma na Copa de 2014

VÍTOR MARQUES, O Estado de S.Paulo

18 de maio de 2011 | 00h00

O Corinthians apresentou nesta terça-feira sua contratação mais cara para a disputa do Campeonato Brasileiro: o meia Alex, de 29 anos, que custou R$ 14 milhões ao clube. "Sei que não é algo comum para um time brasileiro gastar isso com um jogador, mas pelo que eu vinha jogando é uma aposta coerente", disse o reforço, sem falsa modéstia.

Ele jogava no Spartak, da Rússia, e assinou contrato até 2014. "Não queria ser contratado por empréstimo porque não gosto de passagem meteórica. Gosto de pegar vínculo. Quero construir carreira no Corinthians."

Indicação do técnico Tite, com quem trabalhou no Internacional em 2008, Alex assumirá a função de meia de criação. Ele será o titular, uma vez que Bruno César foi para o Benfica. A contratação de Alex veio com cerca de quatro meses de atraso, uma vez que o treinador contava com ele no grupo para a disputa da pré-Libertadores e do Paulista.

Mas a espera para poder escalá-lo pode continuar caso o Corinthians, como outros clubes brasileiros, não consiga com a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) a antecipação da janela de transferências do futebol europeu - pela regra atual ele só estrearia em agosto. "Não é bom para o jogador esperar todo esse tempo. É uma espera agonizante. Pelo menos vou poder me preparar bem fisicamente. Vou usar esse tempo para me ambientar no clube, conhecer as pessoas."

ESPN - Alex nega ser o 'salvador da pátria' e sonha com Copa 2014

Alex disse que decidiu voltar ao Brasil porque estava com saudade da família, depois de passar dois anos no futebol russo, apesar de ter dito que se adaptou bem àquele país. Também pesou nessa decisão seu desejo de voltar a ser convocado para a seleção brasileira. O meia acha que se for bem no Corinthians será mais fácil ser lembrado pelo técnico Mano Menezes. "Seleção é consequência. Se eu jogar bem aqui, posso ter chance. Estarei com 32 anos na Copa e não vejo nenhum problema", analisou. "Você pode jogar no alto nível até 34 anos ou mais", acredita o jogador, que chegou a ser convocado por Dunga.

Coleção de títulos. No Inter, onde se destacou, Alex ganhou tudo que um jogador pode sonhar: quatro Campeonatos Gaúchos, uma Libertadores e um Mundial. Ele não quis prometer desempenho parecido ao torcedor corintiano. Mas disse que fará de tudo para que o time do Parque São Jorge consiga pelo menos uma das vagas para a próxima Libertadores. "Sei que aqui tem essa sina de nunca ganhar (a Libertadores), mas vamos primeiro nos classificar."

Alex fez exames médicos e já assinou contrato. Ele deve voltar à Rússia para cuidar da transferência. Se a janela não for alterada, só poderá estrear em 3 de agosto, contra o América-MG, no Pacaembu.

Busca por atacante. A diretoria corintiana terá de correr para contratar mais uma opção para o ataque. Depois de perder Gilberto, do Santa Cruz, para o Inter, os dirigentes se mostraram céticos em relação à chegada do ex-santista André. Os salários foram acertados, mas os diretores do Dínamo Kiev, da Ucrânia, não aceitam emprestar o atleta. "Ficou complicado", admitiu o diretor futebol Duílio Monteiro Alves.

Cristian. A diretoria negou que tenha acertado o retorno do volante Cristian por 3,5 milhões (R$ 7,5 milhões). A imprensa turca noticiou ontem que o jogador já estaria voltando ao Brasil porque o Fenerbahçe aceitou uma proposta de compra do Corinthians. Os jornais turcos, no entanto, além de cravar o valor da negociação, davam como encerrada a passagem de Cristian pelo Fenerbahçe. As manchetes dos principais jornais traziam o seguinte texto: "Adeus, Cristian".

Dentinho: viagem marcada. O atacante Dentinho não apareceu ontem na reapresentação corintiana visando à estreia no Brasileiro. O jogador viaja esta semana para a Ucrânia, onde fará exames médicos no Shakhtar Donetsk.

Veja também:

som ESTADÃO ESPN - Alex é apresentado e já fala em Copa do Mundo

link Alex exalta reencontro com Tite no Corinthians 

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCorinthiansAlexapresentação

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.