Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Na Davis, Espanha atropela Casaquistão

No dia do aniversário de Juan Carlos Ferrero, equipe faz 5 a 0, com tranquilidade. EUA fazem também 5, na Suíça

O Estado de S.Paulo

13 de fevereiro de 2012 | 03h02

Juan Carlos Ferrero não entrou em quadra ontem, mas foi o personagem principal da festa da Espanha, que atropelou o Casaquistão na primeira rodada do Grupo Mundial da Copa Davis ao vencer por 5 a 0, em Oviedo. O tenista, que na sexta-feira havia derrotado Mikhail Kukushkin por 3 sets a 2, completou 32 anos. Ontem o dia foi apenas para cumprir tabela. Nicolas Almagro ganhou de Evgeny Korolev por 6/3 e 6/4 e na preliminar Marcel Granollers venceu Andrey Golubev por 6/3, 6/7 (2) e 6/3.

Os espanhóis, sem a presença de Rafael Nadal, número 2 do mundo, enfrentam na próxima fase os austríacos, que tiveram trabalho para ganhar em casa dos russos: 3 a 2. Ontem, Jurgen Melzer venceu Alex Bogomolov Jr. por 6/2, 6/4 e 6/1, e Igor Kunitsyn derrotou Andreas Haider-Maurer por 6/4, 4/6 e 7/6 (7/4) .

O vexame da rodada foi da Suíça, que mesmo com Roger Federer e atuando diante de sua torcida, em Friburg, terminou o confronto com os Estados Unidos com uma acachapante derrota por 5 a 0. Ontem, Ryan Harrison ganhou de Michael Lammer por 7/6(7/0) e 7/6(7/4) e John Isner derrotou Marco Chiudinelli por 6/3 e 6-4. Os norte-americanos enfrentam a França, que já teve três vitórias sobre o Canadá.

Argentina, bem. Únicos sul-americanos no Grupo Mundial, os argentinos fizeram bonito na Alemanha, ao ganharem por 4 a 1, em Bamberg. Ontem, Juan Mónaco ganhou de Florian Mayer por 6/4 e 6/4 e Cedrik Marcel Stebe fez o ponto dos anfitriões ao vencer Eduardo Schwank por 7/6(7/1) e 7/5. Os hermanos enfrentarão os Croatas, que venceram o Japão por 3 a 2 em Hyogo. Kei Nishikori ganhou de Ivan Dodig por 7/5, 7/6 (7/4) e 6/3, empatando a disputam. Ivo Karlovic decidiu e ganhou de Go Soeda por 7/6(7/4), 6/1 e 6/4.

A Sérvia não precisou do número 1 do mundo, Novak Djokovic, para derrotar a Suécia por 4 a 1. As duas vitórias que garantiram a classificação foram obtidas por Dusan Lajovic, que venceu Filip Prpic por 6/4 e 6/4 e por Janko Tipsarevicm, que ganhou de Michael Ryderstedt, por 6/2, 7/6 (7/5) e 7/5. Eles enfrentam a República Checa, que batea a Itália por 4 a 1. Ontem, Lukas Rosol venceu Andreas Seppi por 4/6, 6/3 e 6/4 e Simone Bolelli fez o ponto italino sobre Frantisek Cermak por 6/4 e 6/4.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.