Na estreia de Seedorf, festa no Engenhão é gremista

A noite de ontem, no Engenhão, era para ser de festa para a torcida botafoguense na esperada estreia de Clarence Seedorf com a camisa 10 alvinegra. Só esqueceram de avisar ao Grêmio que a noite era festiva e o time gaúcho jogou água no chope carioca: com um gol de Marcelo Moreno, marcado aos 3 minutos do segundo tempo, venceu a partida e, de quebra, assumiu a quarta vaga no G-4, com 21 pontos.

O Estado de S.Paulo

23 de julho de 2012 | 03h03

Desde que a bola rolou, o Botafogo procurou o gol. Mas o Grêmio nunca deixou de criar problemas para a defesa carioca. Aos 3. Tony lançou Leandro, que bateu rasteiro. Jefferson teve de defender com os pés. Seedorf criou a melhor chance botafoguense aos 28 minutos, quando invadiu a área, depois de driblar dois adversários, e cruzou para a marca do pênalti, e Elkeson cabeceou para fora.

O jogo era bom, até que aos 3 do 2.º tempo Marcelo Moreno acabou com a festa carioca. Aos 24, Seedorf foi substituído e o ânimo botafoguense esfriou.

O Fluminense viajou até Campinas, para enfrentar a Ponte Preta, com uma invencibilidade de 10 partidas na bagagem. E voltou para o Rio com o número de jogos sem perder acrescido de mais uma vitória por 2 a 1. Thiago Neves e Fred, de pênalti no finalzinho da partida, marcaram para os cariocas. Ferron marcou o gol da Ponte Preta.

Em Belo Horizonte, um gol de Borges marcado no final no primeiro tempo foi suficiente para o Cruzeiro vencer o Flamengo por 1 a 0 e chegar a 20 pontos. Com mais essa derrota o técnico rubro-negro Joel Santana pode ser despedido ainda hoje.

Na esteia de Fernandão como novo treinador, o Internacional goleou o Atlético-GO por 4 a 1, no Beira-Rio. Os gols colorados foram de Elton, Dagoberto, Jajá e Fred. Reniê descontou.

Em Salvador, Bahia e Coritiba, que iniciaram a rodada na zona do rebaixamento, empataram por 2 a 2. O Bahia, que vencia por 2 a 0, continuou no rebaixamento. Já o Coritiba subiu para 16.º. Souza e Mancini marcaram para os baianos. Everton Costa e Emerson, para os paranaenses.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.