Na estreia do técnico Guto Ferreira, Bahia se reabilita e bate o Oeste por 2 a 0

Guto Ferreira mostrou ser pé quente. Nesta terça-feira, na partida que marcou a estreia do treinador - contratado para a vaga de Doriva -, o Bahia reencontrou o caminho das vitórias no Campeonato Brasileiro da Série B ao bater o Oeste por 2 a 0, na Arena Fonte Nova, em Salvador, pela 13.ª rodada.

Estadão Conteúdo

28 de junho de 2016 | 21h21

O Bahia vinha de quatro derrotas seguidas e estava em queda livre na tabela de classificação. Mas, com a vitória, chegou aos 20 pontos e encostou no pelotão da frente. Por outro lado, o Oeste, que não vence há três jogos como visitante, estacionou nos 16 e permanece na zona intermediária.

O primeiro tempo começou com o Oeste tendo mais posse de bola, como já era esperado, mas quem abriu o placar foi o Bahia, aos 13 minutos. Hayner cobrou lateral rápido e Hernane chutou por cima do goleiro Felipe Alves, que estava adiantado. Na comemoração ele foi desabafar xingando a torcida. O time baiano ainda teve duas boas chances de ampliar, enquanto que os paulistas assustaram apenas em cabeçada de Ricardo Bueno.

O Oeste voltou do intervalo disposto a empatar, mas perdeu duas chances seguidas com Léo Artur, até que, aos 15 minutos, o Bahia jogou um balde de água fria. Zé Roberto recebeu de Hernane e chutou no ângulo de Felipe Alves.

O time paulista poderia ter diminuído aos 25 minutos, quando o árbitro assinalou pênalti de Danilo Pires em Wellington. Ricardo Bueno cobrou de forma displicente, errando a cavadinha, e o goleiro Marcelo Lomba defendeu com os pés.

Os dois times voltam a campo neste sábado, pela 14.ª rodada. O Bahia enfrenta o Ceará, às 19h30, na Arena Castelão, em Fortaleza, enquanto que o Oeste vai até Lucas do Rio Verde (MT) para jogar contra o Luverdense, às 16 horas, no estádio Passo das Emas.

FICHA TÉCNICA

BAHIA 2 x 0 OESTE

BAHIA - Marcelo Lomba; Hayner, Jackson, Lucas Fonseca e João Paulo; Feijão, Danilo Pires (João Paulo Penha), Gustavo Blanco (Paulo Roberto) e Renato Cajá (Zé Roberto); Hernane e Thiago Ribeiro. Técnico: Guto Ferreira.

OESTE - Felipe Alves; André Castro, Bruno Silva e Velicka (Maurinho); Danielzinho, Betinho, Léo Artur (Crysan) e Matheus Vargas; Marcus Vinicius, Ricardo Bueno e Wellington. Técnico: Fernando Diniz.

GOLS - Hernane, aos 13 minutos do primeiro tempo; Zé Roberto, aos 15 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Hernane e João Paulo Penha (Bahia); Velicka (Oeste).

ÁRBITRO - Wanderson Alves de Sousa (MG).

RENDA - R$ 75.431,50.

PÚBLICO - 6.509 pagantes.

LOCAL - Arena Fonte Nova, em Salvador (BA).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.