Na repescagem, OneWorld x Oracle

Os veleiros americanos Oracle BMW e OneWorld vão se enfrentar em uma série melhor-de-sete regatas, a partir de sexta-feira, para definir o adversário do suíço Alinghi na final da Louis Vuitton Cup. O vencedor da competição desafiará o Team New Zealand, em fevereiro, pelo título da America?s Cup. O OneWorld conquistou nesta terça-feira o direito de disputar a repescagem das semifinais da Louis Vuitton por obra dos ventos fracos no Golfo de Hauraki, na Nova Zelândia, e dos sucessivos cancelamentos ? cerca de 20 em 44 dias, desde o início da competição. O veleiro americano liderava por 3 a 1 a série contra o italiano Luna Rossa, vencedor da última edição da competição, que precisava ganhar as duas regatas desta terça-feira, deixando a decisão para a última prova, nesta quarta-feira. No entanto, a falta de vento, que atrasou o início da disputa por cerca de seis horas, permitiu a realização de apenas uma regata, vencida pelo Luna Rossa por uma impressionante vantagem de 17min46. Sem mais datas disponíveis para a continuação da série, o OneWorld foi declarado vencedor. Como já ocorreu na semifinal, o veleiro americano entrará na repescagem com desvantagem de um ponto. A equipe do OneWorld foi punida pelo Painel de Arbitragem da competição, acusada de utilizar segredos de projetos de outros barcos na construção do veleiro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.