Santi Otero/EFE
Santi Otero/EFE

Na retomada, ciclistas colombianos deixam prova após contato com infectado

Prova realizada na Espanha tem baixa após temores com a propagação do novo coronavírus

Redação, Estadão Conteúdo

29 de julho de 2020 | 13h12

A Emirates Team comunicou nesta quarta-feira que três ciclistas de sua equipe abandonaram a Volta a Burgos, uma prova realizada na Espanha, após entrarem em contato com uma pessoa infectada com o coronavírus.

A equipe dos Emirados Árabes Unidos explicou que os colombianos Sebastian Molano, Cristian Munoz e Camilo Ardila não iniciaram a segunda etapa, que teve sua largada em Castrojeriz, depois que se soube que um indivíduo, de identidade não revelada pela Emirates Team, com quem se encontraram no último sábado havia testado positivo para a covid-19.

Todos os três ciclistas foram "isolados, enviados para casa e serão submetidos a outro teste" para o coronavírus, de acordo com os protocolos da equipe e da União da Ciclística Internacional (UCI), comunicou a Emirates Team. Os três competidores colombianos haviam dado negativo nos exames realizados antes do início da Volta a Burgos, de acordo com a equipe.

Na última terça-feira, a equipe Israel Start-Up Nation retirou dois ciclistas - o britânico Alex Dowsett e o israelense Itamar Einhorn - antes mesmo do início da prova devido a preocupações com coronavírus.

Einhorn havia entrado em contato com o companheiro de equipe Omer Goldstein, que não está competindo em Burgos, mas deu positivo em um teste realizado nos últimos dias. Já o de Einhorn não detectou a presença do vírus.

O ciclismo internacional retomou o seu calendário após quatro meses de paralisação em função da pandemia do coronavírus, sendo a Volta a Burgos a primeira prova relevante realizada. A disputa, no norte da Espanha, começou na terça-feira e vai até sábado.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.