Divulgação
Divulgação

Emily Overholt vira queridinha do Canadá após 3 pódios

Nadadora de 17 anos faturou um ouro, uma prata e um bronze

PAULO FAVERO, ENVIADO ESPECIAL A TORONTO, O Estado de S. Paulo

20 de julho de 2015 | 09h54

O Canadá já tem uma candidata a queridinha dos Jogos Pan-Americanos de Toronto. É a jovem Emily Overholt, de 17 anos, que faturou uma medalha de ouro, uma de prata e uma de bronze na natação. Poderia até ter sido mais se não fosse a desclassificação na prova de 400 metros medley, na qual chegou à frente das adversárias. "Estou tão feliz. Tudo que está acontecendo é fantástico", diz.

Sua simples presença no Parque Aquático já era motivo para a torcida se levantar. Com bandeirinhas na mão, o público gritava a cada braçada, a cada virada, e gritava ainda mais nos últimos 50 metros. "Eu nunca tinha passado por isso em toda minha vida. É incrível ver as pessoas gritando meu nome", continua.

A medalha que ela conquistou na última sexta-feira foi ainda mais especial, na prova dos 400 metros livre. Ela bateu o recorde dos Jogos Pan-Americanos e subiu ao pódio 24 horas depois de ter sido desclassificada. "Foi difícil voltar a nadar depois do que aconteceu. Foram momentos muito emocionais, mas consegui ganhar a medalha."

Emily Overholt tem como grande ídolo Michael Phelps, maior medalhista da história olímpica. Ela espera um dia alcançar grandes feitos, como o norte-americano, mas sua missão antes dos Jogos Olímpicos é terminar os estudos. "Tenho de finalizar isso, mas quero disputar a Olimpíada no Rio. Acho que será muito emocionante."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.