Nadadores usarão samba-enredo e unhas coloridas nas finais

Os nadadores brasileiros vãopassar alguns minutos antes das primeiras finais nos JogosPan-Americanos, na terça-feira, pintando as unhas e cantando umsamba-enredo munidos de apetrechos coloridos. "Cantamos ''Diga espelho meu, se há na piscina alguém maisfeliz que eu"'', referindo-se ao antigo samba-enredo da escolacarioca União da Ilha, alterado para se encaixar com o esporte. A música já foi usada no treino desta segunda-feira, e elesprometem fazer o mesmo antes das primeiras finais no ParqueAquático Maria Lenk. Joanna Maranhão e Larissa Cieslak já estavam com as unhaspintadas de verde e amarelo, cada uma de uma cor, e FabíolaMolina as tinha pintado de azul. "Na seleção cada oportunidade de fazer uma coisa a maistraz a brasilidade à flor da pele. Ainda comprei colares,cornetas e para as meninas terá tiaras, e vamos trazer para asfinais", contou ela, antecipando como será a festa. Com poucas chances para conseguir mostrar seu rosto durantea disputa das provas, os nadadores brasileiros aproveitam cadadetalhe para chamar a atenção e se diferenciar dentro da água. Cesar Cielo estava com o cabelo completamente descoloridoquando disputou o Mundial de Melbourne, no final de março. "Ficou muito feio", admitiu ele, que nem assim optou porvoltar à sua cor natural e chegou nos Jogos Pan-Americanos commechas loiras. Já Henrique Barbosa surpreendeu com uma barba espessa, masfoi obrigado a raspar para o início das competições, nestasegunda-feira, quando foram disputadas as preliminares. O nadador admite, entretanto, que isso não tem nada a vercom vaidade. "Sou relaxado mesmo, foi preguiça", disse.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.