Nadal admite que não está confiante para jogar o US Open

Número dois do mundo e bicampeão de Roland Garros, o tenista espanhol Rafael Nadal revelou nesta terça-feira que não está muito confiante para a disputa do US Open, o último Grand Slam do ano, que começará no dia 28 de agosto."Nunca me senti bem em jogar nos Estados Unidos, tomara que este ano seja diferente. Treinei um pouco depois de disputar Wimbledon e estou voltando ao ritmo. Para tentar reverter essa marca negativa, vou pensar em uma partida por vez, até ganhar confiança", explicou o espanhol.No ano passado, Nadal foi eliminado na terceira fase do US Open, depois de ser derrotado pelo norte-americano James Blake - nessa edição, o campeão acabou sendo o suíço Roger Federer, número um do mundo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.