Nadal, arrasador, é penta em Barcelona

A liderança no ranking da ATP tem apenas oito meses, mas o espanhol Rafael Nadal já era o rei do saibro muito antes disso. O título do Torneio de Barcelona, conquistado ontem ao bater seu compatriota David Ferrer por 2 sets a 0, confirmou esta soberania com um recorde. Foi a 25ª vitória consecutiva de Nadal nesse tipo de quadra.A escalada rumo ao topo do ranking foi facilitada justamente pela força do espanhol no saibro. Desde 2005, são 142 vitórias e apenas quatro derrotas nesse tipo de superfície. A partida contra Ferrer, 13º do mundo, foi uma reedição da final do ano passado do torneio catalão, também vencido por Nadal (2 sets a 1). Desta vez foi mais fácil: venceu sem perder um set, com parciais de 6/2 e 7/5.Com apenas oito anos como profissional, Nadal parece encabulado com tantas vitórias. Depois da partida de ontem, até tentou amenizar mais um triunfo sobre o amigo Ferrer. "Não perdi o segundo set porque tive sorte", comentou. "Estou feliz pelo meu jogo e creio que foi a melhor partida que joguei na terra este ano." Após o quinto título consecutivo no Torneio de Barcelona, se esforça para manter a modéstia. "Para mim é fantástico ganhar, quem dera fossem cinco mais. Infelizmente, creio que não serão", previu. "É torneio de alto nível, a tabela tem jogadores de altíssimo nível, mas pude levar o título."Nadal já vinha de um pentacampeonato no Masters de Montecarlo e agora chega à impressionante marca de 24 vitórias e apenas uma derrota em finais de torneios realizados em quadras de saibro. A única derrota foi em 2007, no Masters de Hamburgo, para o suíço Roger Federer. No total, o tetracampeão de Roland Garros disputou 44 decisões na carreira e perdeu nove, quatro delas para Federer.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.