Nadal derrota e tira tetracampeonato de Federer

Rafael Nadal conseguiu o que parecia impossível. Quebrou o domínio de Roger Federer e impediu que o suíço conquistasse o tetracampeonato do ATP Tour de Dubai, nos Emirados Arares, ao vencê-lo, de virada, por 2/6, 6/4 e 6/4. O jovem espanhol acaba com a invencibilidade do número 1, na atual temporada e põe fim a uma série de 56 vitórias consecutivas em quadras duras do tenista suíço.?Sabia que para vencer o Federer teria de jogar de maneira incrível?, disse, eufórico, Nadal. ?É joguei de maneira inacreditável os dois últimos sets.? Aos 19 anos, Rafael Nadal, número dois do mundo, demonstra uma impressionante maturidade em quadra. Depois de ter sido amplamente dominado no primeiro set, soube encontrar forças e alternativas para reagir e conquistar o título, depois de vários meses em recuperação de uma lesão no tornozelo. Este foi apenas o quinto jogo da temporada para Nadal, e já conquista um troféu em seu segundo torneio do ano. Com esse resultado, Nadal coloca uma pedra no caminho glorioso de Roger Federer. É um dos poucos jogadores do circuito que pode se orgulhar de ter um retrospecto positivo diante do atual número 1 do mundo. O espanhol tem agora três vitórias contra apenas uma derrota diante do suíço. Para Federer, não houve desculpas pelo desperdício de um histórico tetracampeonato. O número 1 do mundo reconheceu que houve uma queda de rendimento em seu jogo, após ter dominado o primeiro set. Mas não poupou elogios ao jovem espanhol.?Nadal tem todos os créditos por essa vitória?, admitiu Federer. ?Lutou muito e esteve sempre pronto a devolver um ataque meu.? Federer vinha de títulos em Doha, no Catar, e no Aberto da Austrália. Justamente nesta semana recebeu elogios de Pete Sampras, quando o norte-americano admitiu sentir ameaçado o seu recorde de 14 troféus de Grand Slam. Só que agora, o número 1 do mundo sabe que terá novamente Nadal em seu caminho.Borg a leilãoUm dos maiores tenistas de todos os tempos, o sueco Bjorn Borg, colocou seus cinco troféus de Wimbledon e duas raquetes usadas nas finais de 1976 (do primeiro título) e de 1986 (do último) a leilão, com objetivo de equilibrar suas finanças pessoais. Borg foi eleito em seu país de origem o maior atleta do século 20 e chegou a fazer fortuna. Perdeu boa parte do dinheiro em uma desastrosa sociedade e outros problemas pessoais. O leilão dos troféus e raquetes está programado para dia 21, coincidindo com o início do Torneio de Wimbledon. Borg foi também seis vezes campeão de Roland Garros.Feminino A russa Nádia Petrova impediu que Amelie Mauresmo conquistasse a liderança do ranking feminino, que hoje é dominado pela belga Kim Clijsters ao vencê-la na final do torneio de Doha, por 6/3 e 7/5.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.