Nadal é o 1º hepta da história do tênis

Número 1 do ranking mundial, espanhol bate o compatriota David Ferrer na final. Última derrota no torneio foi em 2004

, O Estado de S.Paulo

18 de abril de 2011 | 00h00

Aos 24 anos, Rafael Nadal acrescentou ontem mais um feito histórico à sua lista de façanhas. O espanhol se tornou o primeiro tenista a vencer sete vezes seguidas um torneio ao conquistar o Masters 1000 de Monte Carlo. Com parciais de 6/4 e 7/5, o número 1 do mundo bateu na final o compatriota David Ferrer por 2 sets a 0 e chegou à 37ª vitória seguida nas quadras de Mônaco - a última derrota foi em 2004, para o argentino Guillermo Coria.

Em dez anos de carreira, Nadal ampliou para 19 o seu recorde de títulos em torneios Masters. Também chegou à marca de 30 troféus no saibro, se igualando ao sueco Bjorn Borg e ao compatriota Manuel Orantes. O argentino Guillermo Vilas, com 45, e o austríaco Thomas Muster, com 40, são os recordistas.

Após perder as finais dos Masters de Indian Wells e Miami para Novak Djokovic, Nadal encerrou a série vitoriosa do sérvio, que não disputou o torneio, e faturou seu primeiro título no ano. Quase imbatível no saibro, o espanhol confirmou seu favoritismo para os Masters de Madrid e Roma, torneios no mesmo piso que ocorrem em maio. "Ganhar sete vezes seguidas é quase impossível. Estava mais cansado que o normal hoje", disse emocionado,

Número 6 do ranking da ATP, Ferrer, que havia perdido o Masters de Roma para Nadal no ano passado, conseguiu fazer um duelo equilibrado com o espanhol, mas não resistiu à regularidade do adversário e foi derrotado em pouco mais de 2 horas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.