AO VIVO

Confira tudo sobre a Copa do Mundo da Rússia 24 horas por dia

Nadal sobe no ranking e diminui diferença para Federer

Com o vice-campeonato no Aberto de Wimbledon, o tenista espanhol Rafael Nadal conseguiu ultrapassar a barreira dos cinco mil pontos no ranking da ATP e diminuiu a diferença para o suíço Roger Federer, que acabou faturando o tetracampeonato da competição inglesa. Como Federer defendia o título de Wimbledon, ele não pode somar pontos com a conquista e ficou com 7.260. Já Nadal melhorou seu desempenho com relação ao evento do ano anterior e subiu para 5.125. Por sua vez, o cipriota Marcos Baghdatis, que disputou às semifinais de Wimbledon, conseguiu chegar no top 10 da ATP, com 1.857 pontos. Já Flávio Saretta ganhou nove posições, foi para 103.º e ficou muito perto de garantir vaga no US Open, o quarto e último Grand Slam do ano. Para isso, o brasileiro deve manter a posição na próxima semana, já que os 104 primeiros no ranking vão participar da competição norte-americana. Ranking de Entradas: 1.º Roger Federer/SUI - 7.260 pontos 2.º Rafael Nadal/ESP - 5.125 3.º David Nalbandian/ARG - 3.185 4.º Ivan Ljubicic/CRO - 3.125 5.º Nikolay Davydenko/RUS - 2.165 6.º James Blake/EUA - 2.155 7.º Mario Ancic/CRO - 1.985 8.º Radek Stepanek/RCH - 1.925 9.º Tommy Robredo/ESP - 1.915 10.º Marcos Baghdatis/CYP - 1.857 81.º Marcos Daniel/BRA - 495 103.º Flávio Saretta/BRA - 404 466.º Gustavo Kuerten/BRA - 55 Corrida dos campeões: 1.º Roger Federer/SUI - 1.017 pontos 2.º Rafael Nadal/ESP - 735 3.º Ivan Ljubicic/CRO - 367 4.º David Nalbandian/ARG - 355 5.º Mario Ancic/CRO - 318 6.º Marcos Baghdatis/CYP - 309 7.º Nikolay Davydenko/RUS - 276 8.º Radek Stepanek/RCH - 268 9.º James Blake/EUA - 261 10.º Tommy Robredo/ESP - 258 103.º Flávio Saretta/BRA - 26 107.º Marcos Daniel/BRA - 25 168.º Ricardo Mello/BRA - 7 184.º Júlio Silva/BRA - 5 209.º André Ghem/BRA - 3 246.º Gustavo Kuerten/BRA - 1 246.º André Sá/BRA - 1

Agencia Estado,

10 Julho 2006 | 10h46

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.