Nadal tenta pôr fim a um jejum de 11 meses sem títulos

Espanhol, 'rei do saibro', encara o compatriota Fernando Verdasco na decisão do Masters de Monte Carlo

, O Estado de S.Paulo

17 de abril de 2010 | 00h00

Já que Roger Federer está de folga, Rafael Nadal aproveita para reafirmar sua condição de "rei do saibro". O espanhol enfrenta na manhã de hoje o compatriota Fernando Verdasco na decisão do Masters de Monte Carlo. Nadal tem a chance de acabar, na sua superfície preferida, com um incômodo jejum de mais de 11 meses sem comemorar um título.

Nadal tem mostrado atuações soberbas em Monte Carlos. Simplesmente não perdeu um set sequer. Pulverizou adversários, mesmo aqueles cujo o saibro é o ganha-pão, como Juan Carlos Ferrero, nas quartas de final, e David Ferrer, ontem, nas semifinais: 6/2 e 6/3.

"Estes resultados contra os adversários mais duros do saibro são excelentes", comemorou o ex-número 1 do mundo.

Agora só falta bater Verdasco, que ontem atropelou o cabeça de chave número 1 e favorito, o sérvio Novak Djokovic, finalista no ano passado. O espanhol quebrou o serviço do sérvio cinco vezes para fechar o jogo, sem problemas, com um fácil duplo 6-2.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.