Nadal vence de virada e está na semi

A devota torcida a Rafael Nadal levou um susto, ontem, no Ginásio do Ibirapuera. Longe de seu melhor tênis, o espanhol por pouco não deixou escapar a vitória sobre o argentino Carlos Berlocq por 2 sets a 1, parciais de 3/6 e duplo 6/4. Na semifinal, o ex-número 1 do mundo enfrentará a "zebra"do Brasil Open, hoje, não antes das 17h.

O Estado de S.Paulo

16 de fevereiro de 2013 | 02h05

De lucky loser a semifinalista, Martin Alund vive uma semana de sonhos. O argentino só entrou na chave principal porque Leonardo Mayer se machucou. Mas aí aposentou Ricardo Mello, venceu Jeremy Chardy (25.º do mundo) e Filippo Volandri por 7/5 e 7/6 (7-5). "É a melhor semana da minha vida", disse o tenista, 111.º do mundo.

Em outra surpresa do dia, o tricampeão Nicolas Almagro foi eliminado por David Nalbandian. O argentino enfrenta hoje, às 16h, o italiano Simone Bolelli.

Duplas. Depois de passar quase todo o torneio ofuscada no Ginásio Mauro Pinheiro, a dupla formada por Bruno Soares e Alexander Peya garantiu na raça o passaporte para a quadra principal. Eles venceram Horacio Zeballos e Oliver Marach por 6/3, 7/6 (10-8) e 12/10 e avançaram à final, amanhã, às 11h. "Essa quadra envolve um pouco de sorte. Tem dia que tem de ser na raça", diz o mineiro, que disputa sua terceira final seguida.

Os rivais serão Cermak e Mertinak após a desistência de Bolelli e Fognini, que alegou uma distensão muscular. Os italianos eliminaram Thomaz Bellucci e João Souza nas quartas. / AMANDA ROMANELLI e NATHALIA GARCIA

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.