Nado sincronizado do Brasil vai à final da rotina técnica no Mundial

O Brasil estreou neste sábado na disputa do nado sincronizado no Mundial de Esportes Aquáticos, que está sendo realizado em Kazan, com a classificação para a final da disputa por equipes da rotina técnica. As competidoras do País asseguraram a última vaga na disputa por medalha ao garantir o 12º lugar, com 83,023 pontos.

Estadão Conteúdo

25 de julho de 2015 | 12h13

O Brasil participou da fase classificatória com Beatriz Feres, Branca Feres, Lara Teixeira, Lorena Molinos, Maria Bruno, Maria Clara Coutinho, Maria Eduarda Miccuci e Pamela Nogueira. Elas se apresentaram com o tema "motoqueiros", embalado pelo mix instrumental de rock, "Black Detty".

"Estamos muito felizes por classificar o Brasil para a final, que era o nosso grande objetivo de hoje. Ainda não conseguimos assistir o vídeo da prova para analisar como fomos, mas temos a certeza que nadamos bem. Sentimos uma vibração muito boa e todas saímos da água com a sensação de ter feito o seu melhor. Agora vamos analisar no que podemos melhor e tentar passar as equipes que estão próximas a nós na final", analisou Maria Eduarda Miccui, a "Duda".

A decisão da equipe técnica será na próxima segunda-feira, às 11h30 (horário de Brasília). A Rússia avançou em primeiro lugar para a final, com 95,1829 pontos, seguida da China, com 92,1032, e da Ucrânia, com 91,8720.

As brasileiras do nado sincronizado, porém, voltam a competir em Kazan neste domingo. Luisa Borges e Maria Eduarda Miccuci vão participar do dueto técnico. Além disso, as representantes do País disputarão as eliminatórias da rotina livre combinada, o combo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.