Nado sincronizado russo treina no País

Pelo terceiro ano consecutivo, a equipe russa de nado sincronizado veio ao Brasil, nesta quarta-feira, para dar seqüência ao trabalho de intercâmbio entre os dois países. Bicampeã olímpica e tricampeã mundial, a Rússia tem se inspirado na música brasileira para escolher o tema de suas apresentações - a medalha de ouro nos Jogos de Atenas foi obtida ao som do samba."Foi uma conquista difícil. Como todos sabem, o som falhou no meio da apresentação, tivemos que recomeçar e o que nos garantiu a vitória foi nosso preparo físico e disciplina. Nossas meninas são fortes e bem preparadas como militares", disse a técnica russa Tatiana Pokroviskaya.Ela também analisou o nível do nado sincronizado brasileiro. "Acho que o Brasil está no caminho certo e o segredo é mais intercâmbio, não só entre atletas e equipes, mas também de árbitros. Acho que vocês têm que trazer árbitros internacionais para ver o nado aqui no Brasil", afirmou Tatiana Pokroviskaya. Neste novo período de treinamentos, a seleção russa e a brasileira realizarão apresentações em conjunto pelo Brasil. Começa no dia 19, em Fortaleza. Depois, passam por Belém, nos dias 21 e 23. O retorno para a Rússia está previsto para 30 de janeiro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.