Kote/EFE - 30/6/2011
Kote/EFE - 30/6/2011

'Não' de Seedorf causa surpresa e decepção

Presidente do Corinthians tinha enviado um pré-contrato para atleta e dava contratação como certa

, O Estado de S.Paulo

26 de maio de 2011 | 00h00

O Corinthians segue sua sina de frustrações recentes ao saber do anúncio da renovação de contrato do meia Seedorf com o Milan.

Todos davam a chegada como certa. O discurso otimista prevalecia entre os dirigentes. Eles até agiam com desdém sobre o interesse de Flamengo e Botafogo.

A contagem regressiva para o dia 30, data do encerramento do contrato com o Milan, acabou suspensa pela manhã com a nota oficial do clube italiano.

Seedorf assinaria com o Corinthians por três anos. Agora, segue no Milan até junho de 2012.

Não bastasse amargar decepções nas quatro últimas competições, o Corinthians agora se depara com o "não" do jogador, apontado como a peça que faltava à engrenagem.

"É uma vaga que não precisa ser preenchida. E agora é tocar o barco", disse o diretor Duílio Monteiro Alves. "Só buscaremos outro jogador para a posição se surgir grande oportunidade como essa, com alguém diferenciado."

O presidente Andrés Sanchez andava se gabando da proposta do clube. Um pré-contrato chegou a ser enviado para Seedorf na Itália.

A decepção do Corinthians, por tabela, foi a primeira frustração também de Ronaldo - e sua agência de marketing, a 9ine -, responsável por aproximar o meia do clube. O Fenômeno apresentou a tentadora proposta ao amigo e daria auxílio à imagem.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.