Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Natação: brasileiros superam índice

A briga para ir ao Mundial de Piscina Curta, em Moscou (RUS), em abril, nos 100 m, borboleta, prossegue amanhã na piscina do Clube Internacional de Regatas, em Santos, na decisão da prova no Troféu José Finkel - Taça Correios de Natação. Hoje, nas eliminatórias, três nadadores superaram o índice, de 53s33. O paraibano Caio Márcio, de 17 anos, nadou na primeira série eliminatória, em 53s31. Na segunda série foi superado por Fernando Torres Alves, que marcou 52s78, batendo o recorde sul-americano, que era do venezuelano Francisco Sanches (52s80). Hugo Dupret também foi mais rápido que Caio (53s21). Apenas dois nadadores terão vaga no Mundial, em cada prova, restando a Caio Márcio, considerado uma das principais promessas no estilo borboleta, baixar o seu tempo amanhã. As primeiras eliminatórias, hoje, também mostraram que a disputa pelas vagas na equipe brasileira para o revezamento 4 x 200 metros será acirrada. A competição em Santos é a última seletiva para o Mundial. As equipes masculina e feminina do revezamento classificadas na seletiva de novembro, no Rio, já sofreram alterações. Gustavo Borges é o primeiro nos 200 m e disputará a final, sábado, com o melhor tempo, obtido hoje (1min47s15), das eliminatórias. Bruno Bonfim não teve resultado para manter-se entre os melhores. Rodrigo Castro, que não nadou a primeira seletiva, na Copa do Mundo, no Rio, obteve hoje o segundo melhor tempo (1min47s31). André Cordeiro foi o terceiro (1min47s95). Alexandre Andrade, que ficou apenas em nono, continua na equipe com o seu desempenho no Rio. Gustavo, Rodrigo, Alexandre e André somam 7min09s58 (o índice é 7min16s64). Monique Ferreira bateu o próprio recorde brasileiro e do campeonato nos 200 m, livre (1min59s46). Mariana Brochado e Paula Baracho estão empatadas com 2min01s62, brigando pela quarta vaga no revezamento. No momento, completam o time do 4 x 200 m Denise Oliveira e Tatiana Lemos. O programa de provas prevê as seguintes finais, hoje, às 10 horas: 200 m, livre; 400 m, medley; 200 m, peito; 100 m, borboleta; 50 m, costas e 4x50 m, livre.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.