Natação: dia de Gustavo Borges

O segundo dia de competições da última etapa da Copa do Mundo de Natação em Piscina Curta 2003/2004, no Complexo Miécimo da Silva, em Campo Grande, zona oeste, terá entre suas estrelas o nadador brasileiro Gustavo Borges, que este ano vai se despedir das piscinas. Atleta do Pinheiros, ele é um dos maiores representantes da modalidade no País e confessou não estar preocupado ou ansioso por estar disputando seus últimos campeonatos."Deixo em aberto competir pelo Pinheiros até o fim de 2004. Mas a minha idéia é parar de vez após os Jogos Olímpicos de Atenas", contou Borges, que neste sábado à tarde disputará a eliminatória da prova dos 200m nado livre, que tem final prevista para domingo. "Estou encarando esta temporada como mais uma temporada. Já conquistei tudo o que quis." No primeiro dia de competições, nesta sexta-feira, destaque para a nadadora Rebeca Gusmão que nadou os 50m livre em 24s81 e superou o recorde sul-americano da prova, 24s83, que era de Flávia Delaroli, a segunda melhor, 24s96. Ambas asseguraram índices para o Mundial de Piscina Curta de Indianápolis, em outubro.Já o argentino campeão Mundial, José Meolans, que fez o melhor tempo nas eliminatórias dos 100m nado livre, 48s57, seguido pelos brasileiros Guilherme Roth, 49s40, e Jáder Souza, 49s42. O quarto colocado foi o atual vice-campeão Pan-Americano, natural de Trinidad e Tobago, George Bovell, 49s58. A final desta prova ocorre neste sábado, às 10h.A argentina Agustina de Giovanni também se destacou ao estabelecer uma nova marca sul-americana para os 100m nado peito, 1min10s09. O recorde anterior vigorou desde 1998, quando a colombiana Isabel Ceballos nadou a prova em 1min10s36.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.