Natação do Brasil ganha índices e medalhas

Os nadadores brasileiros conseguiram 5 índices para o Mundial de Indianápolis, que acontece em outubro, e 13 medalhas no primeiro dia de finais da última etapa da Copa do Mundo em piscina curta, temporada 2003/2004, no complexo Miécimo da Silva, Rio de Janeiro - foram 2 de ouro, 6 de prata e 5 de bronze. Na principal prova do dia, os 100 metros nado livre masculino, a vitória foi do argentino José Meolans, com o tempo de 47s69.Eduardo Fischer, nos 50m peito, Thiago Pereira, nos 100m medley, Lucas Salatta, nos 400m medley, Kaio Márcio, nos 200m borboleta, e Fernando Scherer, nos 200m borboleta, ficaram com a medalha de prata em suas provas. Nos 50 metros borboleta, Kaio Márcio levou ouro e Xuxa foi bronze. Todos eles, com exceção de Lucas Salatta, também conseguiram índice para o Mundial.Os medalhistas brasileiros revelaram que ainda não estão na melhor forma física, porque fazem um trabalho específico para os Jogos Olímpicos de Atenas, em agosto. Mesmo assim, mostraram satisfação com as marcas. "Esses não eram tempos esperados, porque estou treinando para a Olimpíada", admitiu Kaio Márcio. "Tenho treinado uma média de cinco horas por dia de domingo a domingo. Sei que posso melhorar ainda mais."Dentre os medalhistas brasileiros, destaque para Thiago Pereira, que ainda melhorou seu recorde sul-americano ao fazer o tempo de 54s95 e também conquistou o bronze nos 400m medley. No feminino, Flávia Delaroli obteve a medalha de ouro e Rebeca Gusmão foi prata nos 50m livre. Fabíola Molina, por sua vez, obteve o bronze nos 100m borboleta."Se a Rebeca ficou com um recorde, eu fiquei com o ouro", brincou Flávia, que neste sábado fez o tempo de 25s83, mas viu a rival brasileira estabelecer uma nova marca sul-americana na eliminatória de sexta-feira: 25s81. "Agora vou aproveitar para participar de mais competições internacionais com esperança de conseguir ao menos passar à semifinal olímpica."No último dia da etapa da Copa do Mundo, que ocorre neste domingo, a partir das 10h, as principais provas são os 50m e 200m livre masculino. No feminino, destaque para os 100m livre e 400m medley.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.