Natação garante mais 2 vagas olímpicas

Mais dois nadadores brasileiros conseguiram vaga para disputar a Olimpíada de Atenas, após a realização de mais provas na noite desta quarta-feira no Troféu Brasil de Natação, no Rio. Durante as eliminatórias, Gabriel Mangabeira, nos 100m borboleta, e Lucas Salatta, nos 400m medley, atingiram o índice. Mangabeira mostrou que os ensinamentos de seu técnico, o surinamês Anthony Nesty (o primeiro negro a ganhar uma medalha de ouro na natação dos Jogos Olímpicos, em Seul/1988), serviram para melhorar seu desempenho. O atleta treina nos Estados Unidos, onde estuda na Universidade da Flórida."No seletiva para os Jogos de Sydney fiquei a 14 centésimos de conseguir e pensei em desistir do esporte", contou Mangabeira, que nadou a prova dos 100m borboleta em 52s76 e ainda estabeleceu o novo recorde sul-americano - o índice da prova era de 53s49. "Mas fui para os Estados Unidos, onde passei a ter um novo estilo de vida e melhorei." Com a marca de 4m19s52 nos 400m medley, Salatta também assegurou sua participação em Atenas, ao lado de Thiago Monteiro, que já estava classificado. O nadador frisou que sua tranqüilidade e a confiança foram suas principais aliadas na conquista.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.