Natação: Laura tem pena por doping mantida

A Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos (CBDA) recebeu nesta terça-feira comunicado do Tribunal Arbitral do Esporte, na Suíça, informando que a nadadora Laura Azevedo será suspensa por dois anos. A pena da atleta será cumprida contando a partir de contar de 1º de maio de 2003. Assim, foi confirmado o que já havia decidido a própria CBDA.O teste de Laura deu positivo para as substâncias Metiltestosterona, Estanozolol e Nortestosterona - todos agentes anabolizantes -, em exame realizado em todos os nadadores brasileiros que obtiveram índice para os Jogos Pan-Americanos de São Domingos, durante o Troféu Brasil de Natação, em 4 de maio.A CBDA comunicará agora à Justiça comum a decisão tomada pelo Tribunal Arbitral da Federação Internacional de Natação, para que seja suspensa a liminar que deu direito à atleta de competir nos eventos do calendário nacional.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.