Natação: "russa" ganha ouro para País

O Brasil ficou com o título feminino nos 5 quilômetros de travessia, nesta quinta-feira, no agitado mar da Baía de Guajará, em Belém, Pará, no 36º Sul-Americano Absoluto de Desportos Aquáticos, com Natalya Yakovleva. Brasileira? Com esse nome? Natalya de fato não nasceu no Brasil. É russa, mas está naturalizada desde maio de 2001 e ganhou a sua primeira medalha para o País desde então, completando a prova em 1h05m56. O Brasil também ficou com a medalha de ouro na prova masculina. O gaúcho Guilherme Bento Bier, com o tempo de 57min44, foi bicampeão dos 5 km. O baiano Fábio Lima ficou com o bronze, em 59min11, atrás do argentino Facundo Quiroga, com 57min47. Natalya comemorou sua primeira medalha como atleta do Brasil, ganha em uma situação de grande dificuldade - a largada foi atrasada em uma hora devido às más condições do mar e a prova dificultava por correntezas que mudavam de direção a todo momento. Natalya não tinha dúvidas em responder "que é mineira, de Belo Horizonte", quando questionada sobre a cidade em que nasceu. No pódio, Natalya acompanhou a execução do Hino Nacional.

Agencia Estado,

07 Março 2002 | 18h15

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.