Natação tem pena por doping reduzida

A Federação Internacional de Natação (FINA) decidiu nesta sexta-feira, em congresso realizado na cidade de Barcelona, na Espanha, reduzir a pena máxima por doping de quatro para dois anos de suspensão. Desta maneira, a entidade se adapta ao Código Mundial Antidoping criado pela Agência Mundial Antidoping (WADA), que estabelece 24 meses de afastamento para os infratores. Neste domingo tem início o mundial da categoria na cidade catalã.

Agencia Estado,

11 de julho de 2003 | 09h23

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.