Natal quer construir outro estádio no lugar do Machadão

Os clubes de Natal não têm grande representatividade no futebol brasileiro, embora América e ABC estejam na disputa da Série B. A média de público não é alta, mas, mesmo assim, a cidade promete a construção de um complexo esportivo para receber a Copa do Mundo de 2014. Pelo projeto, o Machadão e o Ginásio Machadinho serão demolidos para dar lugar à Arena das Dunas.

AE, Agencia Estado

31 de maio de 2009 | 16h21

Projetado pelo escritório inglês HOK SVE, o mesmo que realizou a reforma de Wembley e a construção do Emirates Stadium, ambos em Londres, o novo estádio de Natal terá capacidade para 45 mil pessoas. Após o Mundial, deverá ser utilizado para receber shows e outros eventos esportivos.

A candidatura de Natal também prometeu construir um complexo esportivo ao lado do estádio - um investimento de R$ 1,2 bilhão que, segundo o projeto, já tem potenciais financiadores entre empresários brasileiros e estrangeiros. O centro terá áreas administrativas para os poderes estadual e municipal, além um shopping center, um teatro e um centro de convenções.

Outra aposta para atender às seleções está no centro de treinamento que está sendo construído em Cabo São Roque, um resort de luxo, e leva o nome do jogador inglês David Beckham - o local terá campos de treinamento, local para hospedagem e até um pequeno estádio, com capacidade para 10 mil pessoas.

Tudo o que sabemos sobre:
Copa de 2014sedesNatal

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.