Victor Lerena/EFE
Victor Lerena/EFE

AO VIVO

Confira tudo sobre a Copa do Mundo da Rússia 24 horas por dia

Navas é relacionado e reforçará o Real contra o Tottenham; Casemiro também volta

Goleiro costa-riquenho se recuperou de um leve problema muscular, foi relacionado para o duelo e será titular da equipe espanhola

Estadão Conteúdo

16 Outubro 2017 | 18h03

O técnico Zinedine Zidane contará mesmo com o reforço de Keylor Navas para encarar o Tottenham nesta terça-feira, no Santiago Bernabéu, pela Liga dos Campeões. O goleiro costa-riquenho se recuperou de um leve problema muscular, foi relacionado para o duelo e será titular da equipe espanhola.

Em entrevista coletiva nesta segunda, Zidane até tentou fazer mistério, mas a tendência é que Navas volte mesmo a ser titular, na vaga de Casilla. "Ele treinou bem, já está conosco e não tem mais qualquer problema. Amanhã, vamos ver se ele vai jogar", declarou.

+ Guardiola vê Napoli como 'desafio' e admite promover retorno de Agüero ao City

Navas estava com um leve problema muscular na perna direita, sentido quando defendia a seleção da Costa Rica nas Eliminatórias da Concacaf para a Copa do Mundo do ano que vem. Por isso, vinha apenas realizando trabalhos de recuperação no CT do Real até o último domingo, quando voltou a trabalhar sem limitação.

Este, porém, não será o único reforço do Real para encarar o Tottenham. Como Navas, o zagueiro Varane e o volante brasileiro Casemiro desfalcaram o Real Madrid na vitória de sábado sobre o Getafe, pelo Campeonato Espanhol, ao serem poupados, mas foram relacionados e estão confirmados para esta terça.

"Vamos ter muitas partidas pela frente, a temporada é muito longa. Já nos faltam três jogadores, mas pouco a pouco as coisas entram na normalidade. Durante a temporada, sempre haverá momentos difíceis, mas ultimamente estamos ganhando e melhorando. Isso é bom para todos", considerou Zidane.

Nesta terça, o Real vai tentar manter os 100% de aproveitamento na Liga dos Campeões. Depois de duas vitórias, o time espanhol encara o Tottenham, que também triunfou em seus dois jogos, na briga pela primeira colocação do Grupo H.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.