AO VIVO

Confira tudo sobre a Copa do Mundo da Rússia 24 horas por dia

Neco diz que Rodrigo pressionou rivais

Nelson Pessoa, o Neco, pai de Rodrigo e parte da história do hipismo mundial, não parava de receber cumprimentos em todas as línguas por seu celular. "Depois do resultado da tarde, a gente estava bem atrás, com oito pontos, para entrar no segundo percurso, à noite (ainda tarde, no Brasil). E um percurso fortíssimo, vocês viram (obstáculos com até 1,65 m de altura), com os maiores cavaleiros do mundo derrubando tudo. Mas o fato de ser difícil acabou favorecendo para nós. Havia confiança no ´Baloubet´, que é um supercavalo, que viesse a vingar a perda de medalha em Sydney." Rodrigo saiu chacoalhando a cabeça depois de zerar o segundo percurso. Não se conformava com os oito pontos da tarde - dois derrubes - e disse que um (a segunda falta) tinha sido culpa dele mesmo. Podia ganhar o ouro e se via sem perspectivas de medalha, com pena pela pista limpa, pelo que "Baloubet" mostrou que podia fazer. No intervalo, Neco disse ao filho para ter calma, porque nada estava ganho mas também não estava perdido. E veio a prata. Neco falou da pressão colocada por Rodrigo sobre os outros adversários ao zerar a pista e da conquista do filho, depois do desastre de Sydney/2000, quando "Baloubet" refugou na final e o cavaleiro, que podia ter ganho o ouro, terminou lá atrás. Hoje, foram almoçar em um barco com o empresário Jorge Johannpeter, Rodrigo nadou, deu uma dormidinha, e foi competir. Agora é seguir para Pequim/2008. "O ´Baloubet´ ainda tem uns dois anos de competição pela frente, deve ir para o Mundial de Aachen/2006, na Alemanha, mas não irá para a próxima Olimpíada. Estamos preparando o ´Hermés´, que é um cavalo grande, de muita potência. É temperamental e por isso o Rodrigo está trabalhando com ele com muita prudência." Dos outros dois finalistas brasileiros, Luciana Diniz-Knippling não se classificou para o segundo percurso com "Mariachi" e Álvaro Affonso de Miranda Neto, o Doda, vinha com oito e foi desclassificado depois de "Countdown 23" ter passado com a pata por fora da bandeirinha do "muro", o segundo obstáculo (Doda tem uma legião de fãs por conta da namorada Athina Onassis e hoje uma delas queria porque queria saber o signo dele. Aquário. "É bom, muito bom. Muita felicidade para você e a Athina, muita mesmo").

Agencia Estado,

27 Agosto 2004 | 18h38

Mais conteúdo sobre:
olimpíada 2004 olimpíada

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.