Negociação com Wesley não evolui

Presidente do Palmeiras se reuniu com representantes de Wesley na segunda-feira

DANIEL BATISTA, O Estado de S.Paulo

14 de fevereiro de 2012 | 03h07

SÃO PAULO - O presidente do Palmeiras, Arnaldo Tirone se reuniu ontem com representantes do meia Wesley, mas a negociação não evoluiu. "Tive uma conversa, mas é uma negociação demorada. Não tenho previsão de quando vamos acertar", disse Tirone ao Estado. A negociação vai custar 6 milhões (R$ 13,6 milhões), que serão pagos em três parcelas iguais por temporada. O Palmeiras tenta acertar com investidores para quitar a primeira parcela.

Tudo o que sabemos sobre:
FutebolPalmeiras

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.