Nelsinho quer a Nascar, mas daqui a 5 anos

Sem clima e sem propostas para continuar na Fórmula 1 após ser pivô de um grande escândalo em 2008, quando bateu de propósito no GP de Cingapura, Nelsinho Piquet decidiu tentar a sorte nos Estados Unidos, mais precisamente nas categorias de acesso à Nascar. Ele gostou tanto que decidiu ficar de vez por lá. Hoje o piloto viajará aos Estados Unidos para acertar os detalhes de sua participação na temporada completa da Truck Series, espécie de terceira divisão da categoria norte-americana.

Ana Paula Garrido, O Estado de S.Paulo

14 de dezembro de 2010 | 00h00

"Foi uma experiência tão boa que fazia tempo que não sentia", disse Nelsinho, sobre a primeira vez que correu na modalidade - são caminhonetes adaptadas para pistas ovais. Para acabar de vez com a polêmica em que se meteu na F-1, o plano de Nelsinho é bem claro: ser o primeiro brasileiro campeão da Nascar. Para isso, porém, ele vai começar de baixo. Sua ideia é correr cinco anos entre a Truck Series e a segunda divisão da Nascar, a Nationwide, para só então se arriscar na Sprint Cup Series, a nata do automobilismo norte-americano. "O que eu não quero é chegar à categoria principal sem estar preparado para disputar o título. Tem muito piloto que sai da Indy direto para a Cup e acaba voltando."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.