Nenê prega cautela contra Santos-AP, mas cobra vitória do Vasco na Copa do Brasil

O meia Nenê pregou cautela nesta terça-feira, às vésperas da estreia do Vasco na Copa do Brasil, contra o Santos-AP, na quinta, em Natal. Ciente das mudanças no regulamento da competição, que dá a classificação ao visitante que empata na primeira fase, o experiente jogador admitiu que conversou com o grupo sobre a possibilidade de empatar fora de casa. Mas prometeu jogar pela vitória.

Estadao Conteudo

07 Fevereiro 2017 | 13h46

"Temos o direito de empatar, mas vamos lá para ganhar. Precisamos ter cautela em certos aspectos, mas buscar a vitória de todo o jeito. Sabemos do novo regulamento, já conversamos sobre isso entre nós", disse o jogador, que confia no momento positivo, neste início de ano, para ajudar o Vasco a vencer na estreia.

Nenê já tem três gols e quatro assistências em seis jogos disputados neste ano - entre amistosos da Florida Cup e partidas do Campeonato Carioca. "Acho que meu início está bastante positivo. Me esforço ao máximo nos treinos para dar o melhor dentro de campo e corresponder às expectativas. Todos os jogadores estão se doando ao máximo para ajudar o time a conseguir vitórias. Estou bem feliz. Quero manter esse caminho e melhorar durante o ano", declarou o meia, contestado na segunda metade da Série B do ano passado.

Na época, a queda de produção do Vasco foi atribuída em parte, pela torcida, ao desgaste físico de um elenco com idade média alta. Para Nenê, a chegada de reforços mais jovens deixou o grupo mais equilibrado, o que deve favorecer o time neste ano, quando volta a disputar a Série A do Campeonato Brasileiro.

"Demos uma renovada, a média de idade não é mais tão alta. Acho que temos que parar de pensar nisso e focar, cada um a sua maneira, em ajudar o clube a conseguir as vitórias. Colocar em prática o que o Cristóvão [Borges, técnico] nos pede. Cada jogo é diferente e tenho certeza de que poderemos ajudar", afirmou.

Mais conteúdo sobre:
futebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.