Nepalês de 77 anos é o mais velho a escalar o Everest

Min Bahadur Sherchan alcança o topo da montanha de 8.848 metros neste domingo e entra para a história

Efe,

25 de maio de 2008 | 14h13

O montanhista nepalês Min Bahadur Sherchan, de 77 anos, escalou neste domingo o Everest, a montanha mais alta do mundo, e se tornou assim a pessoa mais velha a obter a façanha, anunciou uma fonte do Ministério de Turismo do Nepal. Scherchan chegou na manhã deste domingo ao topo do mundo, a 8.848 metros de altitude, e bateu assim o recorde anterior, que pertencia a um japonês, segundo a fonte. Não foi o único recorde registrado esta semana: no dia 22, o montanhista nepalês Appa Sherpa, de 48 anos, alcançou o topo do Everest pela 18.ª vez, se tornando o alpinista a escalar mais vezes o pico mais alto do mundo. Apesar do grande número de montanhistas que escalam os mais de oito mil metros da montanha todos os anos, nos últimos dias, dois alpinistas morreram em suas tentativas: o espanhol Iñaki Ochoa, de 41 anos, e o suíço Goltz Uwe Micha Johannes, de 45 anos, que morreu durante a descida do Everest, após chegar ao topo.

Tudo o que sabemos sobre:
Monte EverestMontanhismo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.