Ney garante estreia de Ganso amanhã

Animado com a volta do lateral Paulo Miranda e do volante Wellington, treinador vai lançar o meia no segundo tempo

CIRO CAMPOS, O Estado de S.Paulo

17 de novembro de 2012 | 02h04

Eles estão longe de ser estrelas do São Paulo, mas são peças fundamentais. Depois que o volante Wellington e o agora lateral-direito Paulo Miranda passaram a ser titulares, a equipe ficou mais consistente e emplacou uma sequência de cinco vitórias em sete jogos. Amanhã, contra o Náutico, os dois voltam a iniciar uma partida juntos depois de 20 dias.

O último jogo da dupla foi nos 4 a 2 sobre o Sport, quando Paulo Miranda teve um entorse no tornozelo esquerdo e deixou o time. Wellington ficou fora na última rodada, contra o Grêmio, cumprindo suspensão.

Agora os dois estão aptos a retornar e o treinador comemora.

"Com o Paulo Miranda na lateral e o Wellington de volante foi que nossa equipe se acertou. Vamos repetir o time porque temos de confirmar a classificação para a Libertadores", disse Ney Franco.

Para o jogo de amanhã, o clube já havia vendido até ontem 52 mil dos 62 mil ingressos disponíveis. O treinador confirmou ontem a estreia de Ganso, que vai entrar apenas no decorrer do segundo tempo.

Adversário. Na Copa Sul-Americana, o São Paulo já sabe quem vai enfrentar na semifinal. Com a eliminação do Grêmio pelo Millonarios o adversário será a Universidad Católica, do Chile. O primeiro jogo será na quinta-feira, em Santiago. Ney descarta que a má fase da equipe chilena signifique um confronto fácil.

A Católica está apenas em 8.º lugar no campeonato nacional, dez pontos atrás do líder.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.