Neymar arrasta milhares de fãs em Belém

Vinte e cinco mil pessoas

O Estado de S.Paulo

27 de setembro de 2011 | 03h04

trocaram um quilo de alimento não perecível por um ingresso para ovacionar Neymar a cada toque de bola do craque durante o treino da seleção, ontem à noite, no Mangueirão. A festa, dois dias antes da partida contra a Argentina, também foi direcionada a Ronaldinho Gaúcho.

O gritos em coro pontuaram o treino, o único aberto ao público. Hoje, os portões do Mangueirão vão estar fechados. Neymar conseguiu aglutinar multidões de adolescentes no estádio e nos outros locais por onde passou em Belém. Por causa do assédio dos fãs, a Polícia Militar montou forte esquema para dar proteção aos atletas de Mano Menezes.

No Mangueirão, havia vários cartazes em homenagem ao garoto. Mas nenhum fazia referência da habilidade dele como jogador. "Delícia, case comigo" era um deles. No final, os jogadores lançaram bolas para a torcida, num outro momento de empolgação do público. /S.B.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.