Neymar, mistério no Santos

Mancini fecha treino e diz ter dúvida se escala garoto no início do clássico

Sanches Filho, SANTOS, O Estadao de S.Paulo

20 de março de 2009 | 00h00

Neymar voltou a brilhar, anteontem, com ótima atuação nos 4 a 0 sobre o Rio Banco-AC, e já se tornou o grande nome do Santos neste início de temporada. Vágner Mancini sabe bem disso e resolveu utilizá-lo para um velho artifício em grandes jogos, em semana de clássico: o mistério. O treinador afirmou que pode deixá-lo no banco, domingo, contra o Corinthians, apesar de seu bom desempenho. Mas, por outro lado, não descartou escalá-lo no início. Resolveu, aliás, até fechar o treinamento de hoje para a imprensa. Não quer que ninguém saiba o que está pensando ou armando para surpreender a equipe do Fenômeno Ronaldo. A imprensa só terá acesso ao CT Rei Pelé às 17h30, quando o treino passará a ser recreativo. "No Santos não tem nenhum jogador com o lugar garantido, Neymar é um belo jogador, diferenciado, mas temos 25 atletas disputando vagas", desconversou. Mancini também está empolgado com o futebol que Neymar mostrou nas vitórias por 3 a 0 contra o Mogi Mirim e 4 a 0 diante do Rio Branco e dá a entender que o provável aproveitamento do garoto apenas na etapa final do clássico é estratégica. As chances de ele voltar a brilhar são maiores contra um adversário desgastado fisicamente. "Ele vem sendo ponto de desequilíbrio, mas só tem 17 anos, e vai errar ainda", comentou o treinador. "Mas, como é um jogador que diariamente mostra alguma coisa diferente, é certeza de que vai jogar domingo. Só não sei se vai começar ou entrar no segundo tempo."Roni e Kléber Pereira formariam um ataque mais experiente para um duelo de tanto peso. Neymar, por outro lado, mostrou ter personalidade e não sentir a pressão até agora. Mancini lembrou, por exemplo, que Roni vinha sendo o centroavante titular até quarta-feira e só saiu do time para tratar de uma lesão. "Só vou começar a pensar na escalação do time depois de estudar a formação do Corinthians e ouvir alguma coisa do Mano Menezes." PALAVRA DO CHEFEVágner Mancinitécnico do Santos"Como é um jogador que diariamente mostra alguma coisa diferente, é certeza de que vai jogar domingo. Só não sei se vai começar ou entrar no segundo tempo"

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.